Tabela IGPM 2019 Acumulado – Índice Atualizado (Aluguel)

Confira a tabela IGPM 2019 acumulado, com o índice índice geral de preços, usado para correção de aluguel, e ainda várias outras informações como relacionadas, incluindo outros índices de preços.

IGPM Acumulado 2019

Dentre os acontecimentos da semana, cabe aqui destacar a informação dada pela Fundação Getulio Vargas (FGV) na quarta-feira (30) de que o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), usado no reajuste dos contratos de aluguel, registrou inflação de 0,01% em janeiro deste ano. A taxa é superior à deflação (queda de preços) de 1,08% de dezembro de 2018. Ainda segundo a FGV, o IGP-M acumula inflação de 6,74% em 12 meses.

Tabela IGPM 2019

MêsÍndice mêsAcumulado 2019Últimos 12 meses
Janeiro 2019
0,01%0,01%6,74%
Fevereiro 2019

Tabela IGPM 2018

O IGPM acumulado 2018 fechou em 7,54%, uma grande alta neste ano, após encerrar 2017 em deflação de -0,49%, nos últimos 12 meses batendo 7,54%.

Já o IPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) fechou em dezembro de 2018 com variação de 0,04%. Por sua vez, o INCC (Índice Nacional de Custo da Construção) terminou o mês em 0,13%.

Mês/anoÍndice mês
Acumulado
2018

Acumulado últimos 12 meses

Dezembro
-1,08% 7,54%   8,6100%
Novembro
-0,49 8,7264% 9,6940%
Outubro0,89%9,261810,8074
Setembro1,528,297910,0496
Agosto0,706,67648,9114
Julho0,515,93498,2624
Junho1,875,39746,9376
Maio1,383,46264,2712
Abril0,572,05421,8953
Março0,641,47580,2033
Fevereiro0,070,8305-0,4239
Janeiro0,760,7600-0,4140

Apesar de ter subido mais de 10% em 1 ano, os contratos de aluguel não estão sofrendo impactos, não estão fazendo a correção pelo índice geral de preços. Isso acontece porque a demanda está mais alta que a procura, um momento da inflação no Brasil.

Tabela IGPM

Índice Geral de Preços em 2017

No ano de 2017, tivemos queda de 0,52%, mostrando uma deflação, que foi registrado pela última vez, apenas em 2009. Os inquilinos tiveram a chance de renegociar o valor do aluguel, apesar de ter subido no mês de dezembro 0,89%, no acumulado de 2017 fechou em -0,52%.

Índice Geral de Preços em 2016

No acumulado 2016 fechou em 7,117%, uma alta acima do esperado pelo mercado. Em novembro caiu 0,03%, mas em dezembro subiu 0,54%, fechando em alta no acumulado geral.

O que é o IGP-M?

É a sigla para Índice Geral de Preços do Mercado, se trata de um indicador, que é a base de calculo para várias áreas, a principal é o reajuste de aluguel. É calculado a cada 30 dias pelo FGV (Fundação Getulio Vargas), divulgado mensalmente.

IGPM acumulado

Como funciona?

Serve como reajuste de preços de vários setores da economia. Exemplo: energia elétrica, planos de saúde, escolas particulares, seguros, contratos de aluguel, e muito mais…

Dando um exemplo mais prático, quando o contrato de aluguel é revisto, é usado o IGP-M acumulado nos últimos 12 meses ou no ano interior, dependendo do mês.

Lembrando que, este índice também leva em conta o IPA-M (Índice de Preços por Atacado – Mercado) e IPC-M (Índice de Preços ao Consumidor – Mercado), não é uma base de cálculos normal, se leva em conta vários fatores.

Quando uma casa está na planta, ou ainda em processo de construção, outros índices são usados: CUB (Custo Unitário Básico) e INCC (Índice Nacional da Construção Civil), após o término da obra, apenas o Índice Geral de Preços será usado para decidir o valor final.

Como é calculado?

  • IPA-M (Índice de Preços por Atacado – Mercado) e IPA (Índice de Preços ao Produtor Amplo), tem uma importância de 50%, pois mede as movimentações do mercado de atacado;
  • IPC-M (Índice de Preços ao Consumidor – Mercado), tem uma importância de 40%, pois mede o poder de compra do consumidor brasileiro;
  •  O resto vai para esses dois índices: CUB (Custo Unitário Básico) e INCC (Índice Nacional de Custo da Construção – também conhecido como Índice Nacional de Custo), que alias são os únicos usados durante a construção de um imóvel, só depois de pronto, o índice é usado.

Reajuste do aluguel

Como falamos acima, não é um índice feito apenas para o setor imobiliário. Mas como é o índice mais importante do setor, se da muito mais importante visando o reajuste de aluguel. Toda imobiliária e contador estão sempre ligados mês a mês nesses números divulgados pela Fundação Getúlio Vargas.

É um índice importante para investidores?

Sim! Pois está altamente ligado a inflação do país. Veja: Inflação Acumulada 2018.

Qual a relação com o IPCA?

Pois bem, o IPCA também serve como indexador de reajuste de preço, mas como é calculado pelo IBGE, que tem uma forte ligação com o governo, geralmente protegendo os interesses, não é tão levado em consideração no setor imobiliário.

Leave a Reply